5 formas de poupar dinheiro no casamento

5 formas de poupar dinheiro no casamento

Liguei a TV e para meu espanto o tema no telejornal era casamentos. Pois bem, parece que casar está na moda e segundo consta nas mesmas notícias, no ano anterior houveram 32 mil e tal casamentos em Portugal. Felizmente, e eu sou suspeita para falar do assunto, as pessoas voltam acreditar no amor e ainda são muitas as que ainda sonham com o grande dia. O dia onde juram diante Deus, amigos e familiares amor e respeito pela cara metade. Onde dizem em alto e bom som os seus desejos e promessas para os dias a diante. Mas como tudo na vida, tudo tem o seu senão. E se o dia e a cerimônia só nos dão razões para celebrar, o mesmo não acontece com a carteira dos noivos.

Existem milheres de ofertas e centenas de serviços diferentes e de qualidade mas quando chega à hora de pedir orçamentos e dizemos que se trata se um casamento as coisas mudam e de imediato se acrescentam zeros e outros tantos euros. Tudo é um negócio e este dos casamentos é bem caro, o que não agrada a todos, principalmente a quem tem orçamentos mais reduzidos. Como tal, hoje patilho convosco algumas dicas para poupar para o grande dia.

  • Orçamentos

Um dos primeiros passos para a organização do casamento, e de qualquer outro evento, é pedir orçamentos. Muitos e muitos orçamentos para ver as opções de oferta e também comparar preços. Por vezes até ficamos um pouco confusos com tantos mas é aqui que está a grande poupança. Nunca devemos cair no erro de aceitar o primeiro orçamento que tivemos (salvo raras excepções).

  • Fornecedores locais

Por vezes acompanhamos o trabalho de muitos e sabemos que se algum dia precisarmos aquela pessoa será logo a primeira a ser procurada, independentemente do preço ou do local onde se encontra. Caso isto não aconteça e não temos ideia por onde começar, devemos fazê-lo na própria cidade e nos locais em redor. Isto tudo porque, poupamos nas deslocações. Ou seja, se o fornecedor for de longe, normalmente são acrescidos valores de transporte, e queiramos ou não, pode ser dinheiro que faz diferença na nossa carteira.

  • Flores

Queiramos ou não, as flores fazem parte de qualquer casamento. Seja Verão ou Inverno, na igreja ou no buquet trazem sempre beleza e cor a qualquer casamento e temos mesmo que gastar dinheiro com elas. O truque para não gastar balúrdios na florista é escolher as flores da época. Isto para evitar que sejam exportadas e tenhamos de pagar o dobro.

Na decoração da igreja podemos optar pelo trabalho de floristas (mais caro) ou pelo trabalho das zeladores, que são as pessoas responsáveis por assear a igreja durante todo o ano (mais barato). Tem igrejas que só permitem esta última opção.

  • Fazermos nós mesmo

Todos nós temos um amigo que tem mão para cozinha ou que tem sempre ideias diferentes. Porque não pedir a esses amigo para nos ajudar a preparar alguma coisa diferente? As sobremesas, os convites, as lembranças, os cones, são algumas ideias para fazer em casa e fazer uma pequena poupança. Afinal preparar e fazermos nós mesmo as coisas para o nosso casamento tem sempre um gostinho especial.

  • Lua-de-mel

O nosso país é deveras maravilhoso e já foi eleito inúmeras vezes como o melhor destino europeu. Mas a verdade é que nem todos o conhecemos como ele realmente merece. Pensamos sempre que os outros países é que são realmente bons, o que não é de todo verdade. Cada um tem a sua cultura, a sua língua, as suas tradições e são diferentes mas igualmente bonitos e todos eles merecem uma chance quando chega a hora de escolher a lua-de-mel. Felizmente, muitos já optam por fazer a lua-de-mel no próprio país e a verdade é que fica bem mais em conta. Na mesma notícia do telejornal falou-se que a Comporta é cada vez mais procurada para desfrutar da lua de mel.

 

Espero que tenham gostado!

Artigos relacionados

Brides’s whislist E num piscar de olhos o tempo passou e estamos agora a três meses do grande dia. A ansiedade começa a chegar e já sonho imensas vezes com o casamento....
Casamento: lista de 10 afazeres importantes O casamento está à porta e ainda que faltem pequenos pormenores, quase tudo está preparado e encaminhado para o grande dia. Tudo foi tratado atempadam...
Pausa nos preparativos Como assim, já acabou a primeira semana do ano? O tempo passa voando e a maior prova disso é que o casamento (aqui) está quase quase à porta. Apesar d...
Casamento: 6 espaços maravilhosos para casar A escolha da quinta para casar é sempre uma tarefa demorada e bastante complicada. São várias as ofertas, muitos orçamentos para pedir, datas ocupadas...

Deixe uma resposta