Arty Grand Hotel, um refúgio de deuses

Arty Grand Hotel um refúgio de deuses

É impossível não falar daquele que foi o canto de descanso em Olímpia. Um 5 estrelas no topo da cidade que recebe os mais exigentes turistas e não deixa ninguém ficar mal.

Enquanto que no pequeno centro se cruzam milhares de turistas diariamente, no alto da colina, encontramos a calmaria do Arty Grand Hotel. Um espaço grande, bem decorado, com funcionários simpáticos e super prestáveis. Com uma maravilhosa piscina externa, onde terminei os meus dias da melhor forma (não fosse eu tola por um belo pôr-do-sol). E uma piscina interna com spa, de acesso grátis a todos os hóspedes. Como devem imaginar usei e abusei deste espaço e o mais difícil foi mesmo sair de lá. As horas que escolhi nunca tinham ninguém, o que foi melhor ainda para descansar e desfrutar do espaço.

Hoje partilho convosco o registo fotográfico desses dias. Fogem um pouco à realidade fresca que anda lá fora, mas foram 2 dias e meio realmente bons. Que deram para recarregar as energias e para preparar para mais uma semana.

Arty Grand Hotel, um refúgio de deuses

Arty Grand Hotel, um refúgio de deuses

Arty Grand Hotel, um refúgio de deuses

Arty Grand Hotel, um refúgio de deuses

 

Mais informações sobre o Grand Arty Hotel (aqui)

Artigos relacionados

A small guide   Faz hoje precisamente 7 meses que cheguei a este país que aos poucos vou conhecendo e gostando cada vez mais! Não vivo na capital nem em nenh...
Carnaval de Patras "Três palhacinhos cantando lá vão, pela estrada fora até ao portão. Batem à porta, não podem entrar. Sai de lá um cão e põe-se a ladrar. Au-au faz o...
Um Sol de inverno e um lago sff Ai que saudades eu tinha deste tempo! Os meus dias ganham outra energia e eu com a preguiça destes últimos tempos fico logo toda contente! Ganho outr...
Grego que é grego … A estadia ainda é recente (7 meses precisamente) mas a suficiente para conhecer bem este povo que me rodeia. Desta forma, hoje apresento-vos algumas d...

8 thoughts on “Arty Grand Hotel, um refúgio de deuses”

Deixe uma resposta