Pelas ruas de Argostoli

Pelas ruas de Argostoli

Foi precisamente no centro da ilha, na sua capital que fiquei alojada durante estes 4 dias de Páscoa Grega! Em Argostoli, no hotel Ionian Plaza Hotel, mesmo em frente à praça central!
A localização do mesmo permitiu-me estacionar o carro, depois de conhecer os principais pontos da ilha e descobrir os recantos da capital a pé!

A cidade é bem simpática e em altura de Páscoa as suas ruas enchem-se de gente local e turistas. Há comemorações todos os dias, entre as quais procissões, bandas de música, fogo e missas!

Pelas ruas de Argostoli

Pelas ruas de Argostoli

Ainda assim, houve tempo para ver as tartarugas, tomar um café nas ruas movimentadas, ver muitas lojas e atravessar a ponte pedonal!

A Maggie acho que finalmente se habituou a estas viagens e adorou o passeio.

Pelas ruas de Argostoli

Pelas ruas de Argostoli

Pelas ruas de Argostoli

Tshirt: Jennyfer  /  Saia Plissada: Zara  / Mochila: Nora (loja local)

 Sneackers: Lidl Portugal  / Relógio: Lórus  / Óculos: Hickmann

Onde comer

Entre variadíssimos restaurantes optei pelos seguintes no centro:

Argostoli

  • Premier
  • Casa Grec
  • Taberna Archontiko
  • Captains Table
  • Chinese Dragon Restaurant

Assos

  • Nefeli Anait

Recomendo vivamente cada um deles! Em alguns até comi mais que um dia!

Artigos relacionados

Lefkada Island Depois da ilha de Zakinthos (aqui), ontem foi dia de partir à descoberta e conhecer uma segunda ilha! A escolhida foi Lefkada ou Levkas, que se encont...
Palma – 7 atrações turísticas a não perder... E de repente foram-se. Sim, de repente acabaram as férias e é hora de voltar à rotina do dia-a-dia. Mas enquanto a coisa não acontece partilho convosc...
Um Sol de inverno e um lago sff Ai que saudades eu tinha deste tempo! Os meus dias ganham outra energia e eu com a preguiça destes últimos tempos fico logo toda contente! Ganho outr...
Uma nova cidade – Agrínio    Nascia dia 4 de Agosto e lá estava eu sem conseguir dormir nada. Eram 4h e pouco e eu a pé impávida e serena como se nada se fosse passar! As malas...

Deixe uma resposta